Secult lança 18 Editais de Incentivo à Cultura

Edital 001 – Apoio financeiro para custeio de despesas com locomoção de artistas, técnicos e estudiosos, convidados a participar de eventos culturais promovidos por instituições, brasileiras ou estrangeiras, com as finalidades de: apresentação de espetáculos, eventos culturais ou trabalho artístico próprio; residência artística; e cursos de capacitação de profissionais de cultura. O valor total do apoio será de até R$ 150 mil.
Edital 002 – Incentivo à edição e difusão de obras literárias inéditas de autores residentes no Espírito Santo, com o objetivo de estimular a criação artística, valorizar o artista local e contribuir para a formação e ampliação do público leitor no Estado. O valor total do prêmio é de R$ 60 mil, contemplando no máximo cinco obras literárias nos gêneros: romance, conto, crônica, poesia e literatura infanto-juvenil. O valor individual é de R$ 12 mil.

Edital 003 – Prêmio para produção de ópera e qualificação de profissionais no Espírito Santo, com objetivo de desenvolver sua qualificação e crescimento profissional e fomentar a produção de óperas de qualidade no Estado. O valor total do prêmio é de até R$ 160 mil, contemplando no máximo dois projetos. O projeto de ópera a ser produzido com a participação de uma orquestra terá premiação no valor total de até R$ 100 mil. Já o projeto produzido apenas com piano, terá premiação no valor total de até R$ 60 mil.

Edital 004 – Prêmio para residência de grupos de artes cênicas, nas áreas de Teatro e Dança, com o objetivo principal de desenvolver sua qualificação e crescimento, ampliar a formação de platéias e fomentar a produção cultural de qualidade, estimulando a geração de renda de artistas e técnicos cênicos. O valor total do prêmio é de até R$ 390 mil, contemplando no máximo de seis projetos culturais, sendo dois para Grupos de Teatro Adulto, dois para Grupos de Teatro Infanto-juvenil e dois para Grupos de Dança. O valor individual é de até R$ 65 mil.

Edital 005
– Prêmio para estímulo à produção crítica em artes, com objetivo de fomentar a reflexão sobre as várias manifestações artísticas contemporâneas que versem sobre a cultura capixaba e venham a ampliar a compreensão e o debate no campo das artes no Espírito Santo. O valor total do prêmio é de R$ 32 mil, contemplando no máximo oito ensaios críticos, sendo um em cada categoria. O valor individual é de R$ 4 mil. O ensaio crítico deverá ser pertinente a uma das seguintes categorias: produção crítica em Artes Visuais; em Dança; em Música; em Teatro; sobre Cultura Popular; sobre Conteúdos Artísticos em Mídias Digitais/Internet; sobre Artes Audiovisuais; e sobre Literatura.

Edital 006 – Seleção de textos teatrais inéditos nas categorias teatro adulto e teatro infanto-juvenil, com o intuito de incentivar o surgimento de novos dramaturgos no Espírito Santo e a produção dramática. Serão realizadas duas etapas. Na primeira fase, serão selecionados até seis textos teatrais, para participação no Laboratório de Textos Teatrais, com o intuito de promover o aperfeiçoamento e qualificação dos textos selecionados. Na segunda etapa, serão selecionados dois textos teatrais, para serem montados com recursos do prêmio. Cada um receberá R$ 25 mil totalizando R$ 50 mil.

Edital 007 – Prêmio para a circulação de espetáculos de teatro e de dança produzidos no Espírito Santo, com o objetivo de estimular e popularizar as artes cênicas, com vistas à formação de platéias e ao fortalecimento do mercado de trabalho artístico. O valor total do prêmio é de R$ 495 mil, contemplando no máximo 15 projetos, sendo 10 para espetáculos de teatro e cinco para espetáculos de dança. O valor individual é de R$ 33 mil para realização de seis apresentações, com valor de R$ 5.500,00 por espetáculo.

Edital 008 – Prêmio para circulação de shows musicais produzidos no Espírito Santo, no gênero popular e erudito, estimulando e popularizando a música capixaba, com vistas à formação de platéias e ao fortalecimento do mercado de trabalho artístico. O valor total do prêmio é de R$ 630 mil, contemplando no máximo 15 projetos culturais. O valor individual é de R$ 42 mil para realização de seis apresentações, com valor de R$ 7 mil por espetáculo.

Edital 009 – Prêmio à produção de documentários em vídeo realizados no Espírito Santo – DOC Capixaba 2009 – a projetos originais documentados em vídeo, que proponham o fortalecimento da identidade capixaba, a partir de situações, manifestações e processos contemporâneos. O valor total do prêmio é de até R$ 180 mil, contemplando o máximo de três projetos culturais. O valor individual é de até R$ 60 mil.

Edital 010 – Prêmio à produção de longa metragem para mídia digital realizada no Espírito Santo. O valor total do prêmio é de R$ 500 mil, contemplando um projeto cultural.

Edital 011 – Prêmio ao desenvolvimento do Cineclubismo no Estado do Espírito Santo – ano 2009, com o objetivo de contribuir para o fomento da difusão e a formação de público para o audiovisual capixaba, nas modalidades de criação; manutenção de cineclubes; e integração de linguagens. O valor total do prêmio é de R$ 60 mil, contemplando o máximo de 10 projetos culturais. O valor individual é de R$ 6 mil.

Edital 012 – Prêmio de incentivo denominado “Prêmio Renato Pacheco”, destinado a grupos folclóricos radicados no Espírito Santo, para a aquisição de indumentárias, adereços e instrumentos musicais, com objetivo de salvaguardar e preservar suas atividades e manifestações folclóricas e culturais, valorizando a cultura popular tradicional do Espírito Santo. O valor total do prêmio é de até R$ 200 mil, contemplando no máximo 20 grupos folclóricos. O valor individual é de até R$ 10 mil.

Edital 013 – Prêmio “Mestre Armojo do Folclore Capixaba – Edição 2009”, com o objetivo de premiar a atuação dos mestres das manifestações do folclore, fortalecer e divulgar os saberes e fazeres, reconhecer e valorizar os mestres e conceder aos contemplados o título de “Mestre da Cultura Popular do Estado do Espírito Santo”. O valor total do prêmio é de R$ 100 mil, contemplando o máximo de 10 mestres do folclore capixaba. O valor individual é de até R$ 10 mil.

Edital 014 – “Prêmio para bolsa de ocupação – ateliê de pintura da Galeria Homero Massena”, voltado a artista ou grupo em início de carreira, que não seja representado por galeria comercial nem tenha realizado exposição individual em espaço institucional, oportunizando ao mesmo a divulgação, aprimoramento e desenvolvimento do seu trabalho. O valor total do prêmio é de R$ 28 mil, contemplando um projeto cultural. Ao artista plástico será concedida uma bolsa de ocupação – Residência Artística em Pintura, no valor mensal de R$ 2.500,00, por um período máximo de oito meses, totalizando a importância de R$ 20 mil. Ao professor orientador será concedido pró-labore no valor mensal de R$ 1 mil, por um período máximo de oito meses.

Edital 015
– Prêmio para criação e/ou manutenção de site de cultura. O valor total do prêmio é de até R$ 90 mil, contemplando o máximo de quatro projetos, sendo dois de criação e publicação de site de cultura, com o valor individual de R$ 30 mil; e dois de manutenção de site de cultura já publicado, com o valor individual de R$ 15 mil.

Edital 016 – Incentivo à edição e difusão de narrativas da história do Espírito Santo, da memória e da identidade capixaba, a partir de textos inéditos de autores residentes no Estado, assim como a difusão de tais publicações, que podem ser ilustradas ou não. O valor total do prêmio é de R$ 24 mil, contemplando o máximo de duas obras literárias. O valor individual é de R$ 12 mil.

Edital 017 – Apoio financeiro à finalização da produção de obras cinematográficas de curta metragem, integralmente filmadas e produzidas no Espírito Santo, com o objetivo de incentivar a produção audiovisual e projetos de obras cinematográficas de curta-metragem, com cópia final em película de 35mm, nos gêneros: ficção, documental e animação. O valor total do apoio financeiro é de até R$ 90 mil.

Edital 018 – Seleção de projetos para participação no Programa de Desenvolvimento de Roteiros Cinematográficos de Longa Metragem Inéditos, visando a incentivar a formação de profissionais de roteiro, possibilitar o aprimoramento de técnicas e métodos para o desenvolvimento desses profissionais, bem como o surgimento de novos cineastas no Espírito Santo.

Expo Ateliê Ocupação

Ateliê Ocupação

Artistas residentes da Galeria Homero Massena abrem exposição “Ateliê Ocupação”

O Edital número 010, publicado em 2008, que diz respeito à concessão de bolsa de ocupação do ateliê de pintura da Galeria Homero Massena, mostra novos resultados com a abertura da exposição “Ateliê Ocupação”.

A abertura da mostra, na próxima terça-feira (31), às 19 horas, também comemora os 32 anos da galeria. Na ocasião, os artistas promovem um bate-papo sobre a produção da obra. Os trabalhos da exposição foram desenvolvidos no segundo andar da galeria, desde dezembro do ano passado, pelo Grupo “HNA – Molécula Multiplicadora de Arte” formado pelos artistas Victor Monteiro, Gabriel Borém, Ludmila Cayres, Gabriel Sampaio e Thaís Apolinário. Eles tiveram orientação do artista plástico Luciano Cardoso.

Na mostra “Ateliê Ocupação”, os artistas desenvolveram experimentações em torno da pintura contemporânea. Para isso resolveram abrir as portas do ateliê para o público enquanto trabalhavam. Acabaram agregando novos artistas ao grupo, que inclusive puderam intervir nas obras. O tema inicial que era a pintura se desdobrou em outras linguagens como vídeos, desenhos, fotografias e instalações.

O espaço estará aberta para visitas de segunda a sexta-feira, das 10 às 18 horas, até o dia 30 de abril.

Endereço: Rua Pedro Palácios, 99, Cidade Alta, Vitória.

Visitação: segunda a sexta-feira, das 10 às 18 horas

Agenda de visitas guiadas: (27) 3132 8395

VENDO

INCOMMUNE

incommune

Verso

VENDO arte contemporânea

VENDO por interesse. Por paixão. VENDO pela experiência. O que desencadeia o ato só depende de você. VENDO convida a todos para uma tarde de troca no Ateliê Ocupação da Galeria Homero Massena.

O Ateliê Ocupação é um espaço aberto, onde um conjunto de artistas propõe novas possibilidades à idéia de ateliê. Com propostas de educação, produção e crítica,  espaço e  obra se confundem na experiência coletiva. O grupo foi um dos contemplados do Edital de Cultura do Governo do Estado (2008): “Bolsa – Ocupação Ateliê de Pintura” e trabalha desde dez – 08, no 2º andar da Galeria Homero Massena.

VENDO é resultado de uma das possibilidades. Apresenta a produção de arte contemporânea, permite seu entendimento como processo e movimenta o mercado de arte no Estado. O grupo de artistas envolvido no projeto estará negociando obras de arte e apresentando o espaço e sua produção. VENDO acontecerá dia 21 de abril, sábado, das 14 às 21h e na semana seguinte o ateliê estará disponível as visitas e negociações de trabalhos.

Serviço

Abertura: 21 de março de 2009 das 14 às 21hs.

VENDO – Ateliê aberto: 23 a 27 de março de 2009 das 09 às 18hs

Endereço: Galeria Homero Massena. 2º andar

Rua Pedro Palácios, 99. Cidade Alta. Vitória. ES

Contato: Renata Ribeiro 27 9848 8804    Mariana de Moraes 27 9948 7962

contato.hna@gmail.com http://www.hnarte.wordpress.com

Créditos

Artistas: Gabriel Borém, Gabriel Sampaio, Ludmila Cayres, Luciano Cardoso, Thaís Apolinário, Vinicius Guimarães, Caio Vargas, Luara Monteiro, Muriel Falcão, Kenia Lyra, Lucas Aboudib, Thiago Balbino, Mônica Nitz, Raphael Araújo, Victor Monteiro, Júlio Tigre e Regina Rodrigues.

Organização: Mariana de Moraes e Renata Ribeiro.

Projeto Ateliê Ocupação: Victor Monteiro, Gabriel Borém, Gabriel Sampaio, Ludmila Cayres, Thais Apollinário, Luciano Cardoso.

Produção: HnA – célula multiplicadora de arte

VENDO

Você estará VENDO arte contemporânea. O Projeto Ocupação do Ateliê de Pintura da Galeria Homero Massena dirá que VENDO arte. Não te VENDO os olhos para novas possiblidades.

Serviço:

VENDO

Abertura: 21-03-2009 das 14 as 21 hs

Continuação: 23 a 27-03-2009 das 09 as 18hs

 Local: Galeria Homero Massena.  Rua Pedro Palácios, 99. Cidade  Alta , Centro, Vitória, ES, Tel (27) 3132 8395