Lote 64 de Alex Vieira, abre a programação da Galeria Homero Massena

Lote 64, de Alex Vieira, abre calendário anual de exposições na Galeria Homero Massena e mais, calendário oficial!!!

Confira a programação e agende sua visita!

A mostra “Lote 64”, do artista plástico Alex Vieira, abre na quinta-feira (28) o calendário anual de 2010 da Galeria Homero Massena, na Cidade Alta, em Vitória. Toda a temporada do espaço cultural foi definida por meio de edital da Secretaria de Estado da Cultura (Secult), que seleciona propostas na área das artes visuais.

Às 18 horas, o artista vai promover uma discussão com a plateia sobre sua obra. E logo depois, às 20 horas, a mostra começará oficialmente. A entrada é franca. A exposição estará aberta à visitação até o dia 05 de março.

Fotos: Assessoria de Comunicação/Secult
A entrada é franca e a exposição estará aberta à visitação até o dia 05 de março.
A entrada é franca e a exposição estará aberta à visitação até o dia 05 de março.

Outras sete exposições passarão pela Galeria este ano: “Visões Contemporâneas”, de Gabriel Borém; “Screens”, de Bruno Zorzal; “Fotografia e desenho/espaços urbanos/não lugares”, de Pamela Reis; “Sala 12”, de Erlon Perez Wanderley, Michele Marques, Miriam Vazzoler; “Recordações”, de Juliana Bernabé Nunes; “Acervo Vivo”, do coletivo HnA – Molécula Multiplicadora de Arte; e  “Inapreciável”, do Coletivo Mimosas Pudicas.

Lote 64

O título da mostra de Alex Vieira foi tirado de um lote de sucatas, com várias fotocopiadoras fora de linha, leiloadas pela Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes), em 2008, e arrematadas pelo artista.

Com o conserto de uma das máquinas, Alex inicia uma série de experimentações, que culmina com a publicação da primeira edição ‘Prego Magazine’, uma revista de quadrinhos, desenhos e entrevistas.

Peça Susto.

Para compor “Lote 64”, Alex pegou a fotocopiadora e sua coleção de material gráfico, e começou a colar, descolar, sobrepor, rasgar, recortar e manchar. “Ele seleciona imagens e as pirateia, as reproduz incansavelmente sem nos dar conta de sua autoria ou referência”, descreve o artista plástico Julio Tigre no texto de apresentação da mostra.

Peça Boxe.

E completa: “seus trabalhos são frutos de uma obsessiva busca por juntar tudo num mesmo plano, sem sugerir profundidades, sem deixar escapar áreas preservadas. Alex devasta cada camada e vai produzindo entre acasos e intenções estas superfícies”.

Cronograma de exposições 2010:

– 28 de janeiro a 05 de março: “Lote 64”, de Alex Vieira
– 16 de março a 09 de abril: “Visões Contemporâneas”, de Gabriel Borém
– 24 de abril a 21 de maio: “Screens”, de Bruno Zorzal
– 01 de junho a 02 de julho: “Fotografia e desenho/espaços urbanos/não lugares”, de Pamela Reis.
– 13 de julho a 13 de agosto: “Sala 12”, de Erlon Perez Wanderley, Michele Marques, Miriam Vazzoler
– 24 de agosto a 24 de setembro: “Recordações”, de Juliana Bernabé Nunes
– 05 de outubro a 05 de novembro: “Acervo Vivo”, do coletivo HnA – Molécula Multiplicadora de Arte
– 16 de novembro a 31 de dezembro: “Inapreciável”, do Coletivo Mimosas Pudicas


Serviço:


Exposição “Lote 64”, colagens de Alex Vieira
Abertura: Quinta-feira (28)
Horário: 20 horas
Conversa com o artista: 18 horas
Visitação: de 29 de janeiro a 05 de março
Local – Galeria Homero Massena – Rua Pedro Palácios, nº 99, Cidade Alta.
Visitação: segunda a sexta-feira, entre 10 e 18 horas
Visitas guiadas: 3132 8395

fonte:  www.secult.es.gov.br

Anúncios

Monica Nitz [HnA], artista capixaba, apresenta seu trabalho na França

Artista plástica capixaba vai expor trabalho em galeria francesa

Publicada em 18/01/2010, às 09h00

A artista plástica capixaba Monica Nitz se prepara para voos mais altos e vai expor suas obras na França. A mostra Monica en Voyage acontece de 5 a 27 de fevereiro na galeria Concorde, na cidade de Mulhouse, no sul da Alsácia. Ela vai expor seu trabalho a convite do galerista David Keiflin.

Nitz integra o mais novo grupo de artistas da arte contemporânea e leva para o Velho Continente uma série de obras em tamanhos variados, preparadas exclusivamente para o evento.

A Prefeitura de Vitória, por meio da Secretaria de Cultura, vai divulgar a capital capixaba durante a exposição. O folheto de apresentação da artista mostra detalhes e fotos da capital.

A produção da exposição é da empresa Artespaces, criada na França para a promoção da cultura brasileira naquele país. A mostra Monica en Voyage conta com o apoio da Secretaria de Cultura de Vitória e da Secult-ES.

 (José Carlos Mattedi)

http://sistemas6.vitoria.es.gov.br/diario/noticia.php?idNoticia=2819

 

Foto Divulgação

 

A artista plástica vai levar para o Velho Continente uma série de obras em tamanhos variados

 

  

  

Monica Nitz integra o mais novo grupo de artistas da arte contemporânea capixaba

ARTE&ENSAIOS 2010 – CHAMADA PARA COLABORAÇÕES

ARTE&ENSAIOS 2010 – CHAMADA PARA COLABORAÇÕES 
 

Rio de Janeiro, 09 de novembro de 2009. 
  
 
Caros(as) professores(as) e interessados(as), 
  
 
Arte&Ensaios, revista semestral organizada pelo Programa de Pós-Graduação em Artes Visuais da EBA/UFRJ, tem-se destacado pela publicação de textos relevantes para o campo das artes visuais, contando com a colaboração de autores nacionais e estrangeiros. 

Estamos preparando a 20a edição, a ser lançada em julho de 2010. Indicamos que o tema desse número é “Em suspensão”, tema que referimos à produção de um intervalo – temático, temporal, historiográfico, crítico, perceptivo, conceitual ou formal.  A proposta de um tema abstrato se deve à possibilidade de pensar amplamente tal suspensão, examinando os modos de articular uma autonomia relativa, conceitual, precária ou porosa nos diversos campos das artes visuais, como a história, a teoria e a prática das artes, bem como nos diversos modos de relacionamento entre o estético e o extra-estético. Colaborações que abordem outros temas relacionados às artes visuais também serão recebidas.
O prazo para entrega das propostas é 04 de março de 2010. A seleção será feita a partir de pareceres do conselho e equipe editorial da Arte&Ensaios. Será considerada para avaliação a primeira versão recebida (reenvios, com modificações posteriores, serão ignorados). Autores que já tiverem artigos publicados em números anteriores devem cumprir o período de 2 anos para nova edição. As propostas deverão ser inéditas, e o colaborador deverá garantir o direito de exclusividade à Arte&Ensaios até o prazo de lançamento da revista ou o recebimento do parecer do conselho editorial.  Relembramos aos colaboradores que os artigos submetidos e publicados na revista serão posteriormente disponbilizados online no site da Arte&Ensaios.

 
Nos dados do autor devem constar: e-mail, endereço postal e telefone para contato.
 

As especificações técnicas para artigos e resenhas devem ser criteriosamente cumpridas. Os arquivos devem ser enviados para o e-mail arte.ensaios@gmail.com (texto e imagens) e também pelo correio, em mídia digital (CD) e impressão em duas vias (Word, Times New Roman, corpo 12, espaço 1,5), contendo, no caso de artigos:

 
·        texto de até 10 laudas, com no máximo quatro mil palavras; sem espaço de parágrafo, que deve ser indicado por linha em branco;
 
§         os subtítulos não devem ser numerados;
§         citações de até duas linhas, no corpo do texto, em fonte normal e entre aspas; com mais de duas linhas, recuadas, em itálico, sem aspas;
§         títulos de livros, periódicos, telas, esculturas, filmes e vídeos em itálico sem aspas;
§         títulos de poemas e músicas em fonte normal;
§         palavras em idiomas estrangeiros em itálico (sem aspas, a menos que seja citação), à exceção do jargão da área, como, por exemplo, readymade, marchand, etc.;
§         os séculos devem ser grafados em algarismos arábicos.
 
·        resumo do artigo com no máximo 55 palavras (versões em português e em inglês);
·        quatro palavras-chave;
·        dados do autor;
·        notas no final do texto, numeradas em algarismos arábicos; nas notas devem ser incluídas as referências bibliográficas usando apenas sobrenome do autor (só a inicial maiúscula), ano da obra e página;
·        bibliografia: sobrenome do autor (todas as letras maiúsculas), nome. Título da obra (se livro ou tese, em itálico; se artigo ou capítulo, em fonte normal e seguido de “in” e da referência nos moldes de livro). Cidade em que foi publicado (ou defendida, no caso de tese) seguida de dois-pontos. Editora (ou universidade, no caso de tese), ano.

  • caso as notas incluam toda a bibliografia a ser citada, fazer a referência completa de cada obra na primeira citação e dispensar o item bibliografia;
  • imagens podem ser incluídas no CD ou enviadas em cópias em papel fotográfico com as seguintes especificações:
    §         no mínimo uma (de 20 x 25cm, com resolução de 300dpi, de preferência na vertical, pois será incluída na página que antecede o texto) e no máximo três opcionais (de 15 x 20cm, com resolução de 300dpi, que serão incluídas nas páginas de texto).
    §         as imagens em cópia fotográfica devem medir 20 x 25cm.
    ·        legendas das imagens com dados da obra e a fonte em que foi obtida (livro, site, etc.) devem ser colocadas no final do artigo proposto seguindo o padrão abaixo:
     
          Lygia Pape
    Caixa Brasil, 1968, madeira, papelão, cabelo e letra metalizada, feltro. 5x30x25cm
    Fonte: Duarte, Paulo Sergio. Anos 60: transformações da arte no Brasil. Rio de Janeiro: Campos Gerais, 1998.
     

E, no caso de resenhas – cujo critério principal é atualidade do tema (no máximo 3 anos para publicações e 2 para exposições) – , devem conter:
 
·        dados do livro resenhado (título, autor, cidade, editora e ano) ou da exposição (título, local, cidade e datas de inauguração e término);
·        texto de no máximo duas laudas, sem espaço de parágrafo, que deve ser indicado por linha em branco;
§ citações de até duas linhas, no corpo do texto, em fonte normal e entre aspas; com mais de duas linhas, recuadas, em itálico, sem aspas;

§ títulos de livros, periódicos, telas, esculturas, filmes e vídeos em itálico sem aspas;
§ títulos de poemas e músicas em fonte normal;
§ palavras em idiomas estrangeiros em itálico (sem aspas, a menos que seja citação), à exceção do jargão da área, como, por exemplo, readymade, marchand, etc.;
§ os séculos devem ser grafados em algarismos arábicos.

  • nome do autor da resenha no final do texto.
     
    O material enviado não será devolvido.
     
    Agradecemos desde já sua colaboração,
     
                                                                           Ana Cavalcanti e Maria Luisa Tavora                  
     
                                                                                                  As editoras
     
    Contato para dúvidas e envio de artigos e resenhas: arte.ensaios@gmail.com
     
    Revista Arte&Ensaios – Programa de Pós-Graduação em Artes Visuais
    Avenida Pedro Calmon, 550, 7o andar, sala 704, Prédio da Reitoria
    Cidade Universitária – Rio de Janeiro/RJ – Cep 21941-901 – Tel. (021) 2598-1643
    www.eba.ufrj.br/ppgartesvisuais


Revista Arte & Ensaios
Programa de Pós-graduação em Artes Visuais – EBA – UFRJ
(21) 2598-1643
Av. Pedro Calmon, 550 / sala 704, Prédio da Reitoria
Cidade Universitária – Ilha do Fundão
21941-901  Rio de Janeiro – RJ

Programa CULTURA E PENSAMENTO lança editais = 8 projetos de debates + 4 de publicação

Programa CULTURA E PENSAMENTO lança editais = 8 projetos de debates + 4 de publicação

Programa Cultura e Pensamento

Inscrições até 17 de janeiro de 2010

Atualizado em 16 de novembro de 2009

SELEÇÃO PÚBLICA DE PROJETOS DE DEBATES PRESENCIAIS

O Programa CULTURA E PENSAMENTO lança editais para a viabilização de oito projetos de debates presenciais e a publicação de quatro projetos editoriais de periódicos impressos, a serem realizados ao longo de 2010. Os processos seletivos são abertos a propostas de intelectuais, pensadores da cultura, artistas, instituições e grupos culturais, pesquisadores, organizações da sociedade civil e outros agentes da sociedade.

Os projetos de debates presenciais deverão ser norteados por uma das linhas temáticas a seguir:

Biopolítica e tecnologias: padrões contemporâneos de emancipação, propriedade, poder e controle
Populações e territórios: o global, o nacional e o local no agenciamento de identidades e na diversificação da cultura
Lógicas e alternativas para as dinâmicas culturais no centro da economia e da sociedade
Encontros e interações das artes na cidade e na cultura contemporânea.

Veja o  Regulamento e os Anexos

Inscrições online: Formulário

Informações:
[71] 3328 0829
editaldebates@culturaepensamento.net.br

Coordenação do Programa:
coordenacao@culturaepensamento.net.br

SELEÇÃO PÚBLICA DE PROJETOS DE REVISTAS CULTURAIS PARA PUBLICAÇÃO

O edital de apoio a revistas voltadas para a reflexão crítica sobre a produção artística e cultural brasileira contemporânea viabilizará quatro projetos editoriais, com o repasse de R$ 88 mil para a edição e a editoração eletrônica do conteúdo de seis números bimestrais de cada projeto. A impressão e a distribuição nacional de 10 mil exemplares destas edições serão financiadas pelo Programa Cultura e Pensamento.

Esta seleção tem por objetivo estimular a criação e a sustentabilidade de periódicos de cultura com abrangência nacional. As publicações deverão apresentar ao público as manifestações culturais contemporâneas de forma acessível, fomentando, ao mesmo tempo, o intercâmbio entre a produção e a reflexão sobre os campos artísticos.

Os projetos de periódicos, por sua vez, deverão ser voltados para o mapeamento, a apresentação e a reflexão sobre uma ou mais das seguintes áreas artísticas e culturais no Brasil:

Artes cênicas (teatro, dança, circo e outras modalidades);
Artes visuais (artes plásticas, fotografia, instalações, performances, videoarte, arte digital e outras modalidades);
Música (erudita, popular, operística, experimental e outras);
Audiovisual (cinema de ficção, documentário, rádio, televisão, animação e outros formatos);
Literatura (prosa, poesia, ensaios e outras modalidades);
Arquitetura e design (incluindo urbanismo, paisagismo e moda); e
Memória e patrimônio (histórico, artístico, arqueológico, etnológico, material e imaterial).

Veja o regulamento e os anexos

Inscrições online: Formulário

Informações:
[21] 3114-6744
editalrevistas@culturaepensamento.net.br

Coordenação do Programa:
coordenacao@culturaepensamento.net.br

Mais informações: www.culturaepensamento.net.br

Ateliê Ocupação 2009

Secult divulga resultado de edital de concessão de bolsa de ocupação – ateliê de pintura para artistas plásticos

A Secretaria de Estado da Cultura divulgou no Diário Oficial desta terça-feira (18) e no site http://www.secult.es.gov.br, no menu principal nomeado editais, o resultado do edital número 014/2009, que diz respeito à concessão de bolsa de ocupação – Ateliê de Pintura da Galeria Homero Massena. Foi selecionada a proposta de um grupo de artistas plásticos formado por Alex Vieira, Raphael Araujo e Vinicius Guimarães.

Este edital é voltado a artista ou grupo em início de carreira, que não seja representado por galeria comercial, nem tenha realizado exposição individual em espaço institucional, oportunizando ao mesmo a divulgação, aprimoramento e desenvolvimento do seu trabalho.

Ao artista plástico será concedida uma bolsa de ocupação no valor mensal de R$ 2.500, por um período máximo de oito meses, totalizando a importância de R$ 20 mil. O professor orientador também receberá mensalmente R$1 mil.

Os selecionados utilizarão o espaço cultural anexo à Galeria Homero Massena durante o horário de funcionamento. Terão um local adequado para produzir e divulgar seus trabalhos artísticos, com os meios e logística necessárias às exposições.

fonte: http://www.secult.es.gov.br/?id=/noticias/materia.php&cd_matia=1271

resultado: http://secult.es.gov.br/_midias/pdf/2462-4a8ab2cceca63.pdf

CONSTRUÇÃO – MONICA NITZ