1 3 5

Meu Horizonte Seu: Desenho e Redesenho

A presença humana é figura central nas dinâmicas propostas nessa mostra. Memórias de si, os gestos de humanidades repetem-se incansavelmente, desde sua feitura (carregada de uma falsa idéia de reprodução), até as infinitas possibilidades de apropriação e reconfiguração do espaço-obra. Desenho e redesenho, pessoalidade e impessoalidade, aqui e agora, determinam as possibilidades do jogo proposto. Portanto, as diversas cargas pessoais são convocadas a interação: ao adquirir uma obra o particpante tem a possilidade de deixar sua presença -passagem marcada, e dessa maneira redimensionar a exporafia  da montagem inicial. Um Três Cinco é a apresentação poética do horizonte da artista, dado de fato, pela altura dos seus olhos. O que se sucede são interseções dos olhares que se atravessam a partir de uma noção de propriedade: uma linha marcada se rompe a fim de que cada obra comprada se apresentará na altura dos olhos de quem as compra.

L.C. G.B.     2007

135 1

135

135 3

135 4

135 5

  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: